• Marcos Cabral

Como Planejar sua Reforma?

A família aumentou, as instalações perderam a vida útil, os acabamentos ficaram velhos, a decoração não agrada mais… Seja qual for o motivo para reformar a casa, é essencial planejar cada etapa da obra e definir todas as etapas do processo antes de começar a obra.


Um bom planejamento para reforma inclui também a escolha de materiais de qualidade e a contratação da mão de obra especializada. Afinal, de nada adianta economizar dinheiro para reformar o imóvel e depois colocar tudo a perder com trabalho mal feito.

Planejamento - Saiba o que você quer Reformar.

O primeiro passo para fazer uma boa reforma é ter um planejamento bem realista, que contemple todas as etapas do serviço. Não dá para sair quebrando as paredes e só depois perceber que não vai dar conta de tudo.

Reformas são exaustivas e deixam a casa desorganizada por alguns dias. Portanto, é preciso pensar antes na rotina da sua família para não inutilizar os cômodos e prejudicar seu dia a dia. Além disso, se você começar o quebra-quebra sem planejamento, pode ser que se arrependa de alguma mudança e aí não tem como voltar atrás sem prejuízo.

Ter um bom projeto para reforma é essencial para não correr riscos. Assim, você já saberá ao certo o que pretende fazer e quais tarefas priorizar.

Definir as prioridades é fundamental. Dessa forma, caso surja algum imprevisto e o orçamento não dê conta do recado, será possível suspender alguma etapa até que tudo se normalize. Esse planejamento também é importante para evitar que certos reparos sejam prejudicados pelo período de chuvas, por exemplo, como a reforma de telhados e áreas externas.

Planejamento Financeiro - Na ponta do Lápis

Colocando no papel tudo o que você pretende reformar, é hora de mexer no bolso e planejar os pagamentos da obra conforme o orçamento total disponível.


Defina e especifique o quanto pretende gastar em cada uma das etapas da sua reforma. Essa é a melhor maneira de garantir que não ficará com saldo no vermelho no final da obra. Planejar-se financeiramente envolve tempo e paciência, até porque reformar com qualidade não é barato.


Cuidado com orçamento "Baratos"

Saiba mais em "Como Definir um orçamento"


Contrate Profissionais Qualificados

Com o planejamento feito e o orçamento definido, comece a pensar nos profissionais que você vai precisar para tocar a obra com sucesso, desde a concepção do projeto até os detalhes de acabamento.

Mão de obra: Contar com profissionais organizados e caprichosos é o melhor jeito de conseguir um acabamento impecável. Não adianta escolher um pedreiro apenas por sua capacitação e tempo de serviço. É preciso saber se ele é atualizado com as novas tecnologias e produtos do mercado e se é cuidadoso com os detalhes para cuidar da sua obra como se fosse dele. Afinal, o que mais vemos por aí é gente que vai embora deixando imperfeições no serviço, não é?


Escolher profissionais zelosos também ajuda na limpeza pós-obra. Se ele for organizado e detalhista, não deixará sujeira, entulhos e resquícios de material acumulando sobre os acabamentos novos. Isso vale para todas as tarefas da obra, sobretudo as mais criteriosas, como assentamento de piso, pintura das paredes e instalação de móveis planejados.


O Projeto da Reforma


Mesmo que você não esteja levantando a obra do zero nem vá reformar a casa inteira, é recomendado ter uma planta arquitetônica com a distribuição exata dos interiores e áreas externas do projeto. As dimensões do entorno e da fachada da casa também devem ser consideradas.

Dessa forma, fica muito mais fácil definir cada etapa e fazer a lista de materiais de construção, pois você já saberá tudo o que vai mexer.


Um projeto bem-feito demanda conhecimento técnico e criatividade do profissional para tirar o máximo proveito das instalações.

Profissionais com conhecimento técnico também auxiliam na hora de escolher os acabamentos mais adequados para a construção e acabamento, como os pisos para cada cômodo do imóvel, os melhores revestimentos, o tipo de decoração escolhida etc. Levando em consideração suas preferenciais como como uma casa em estilo escandinavo, moderno ou rústico, por exemplo.

Se a intenção é reformar também a área externa da residência, conte com um profissional que entenda de paisagismo para fazer a melhor ambientação possível do entorno. Espaço gourmet, espaço para churrasco, área de jardim… Tudo isso deve ser pensado aliando estética e qualidade nos acabamentos, sobretudo porque estamos falando de locais sujeitos às variáveis climáticas.



O Cronograma da Obra - Tempo é Dinheiro!


Fazer um bom planejamento para reforma significa ser objetivo e direto para não perder o foco ou estourar o orçamento. Por isso dizemos que o projeto deve ser realista, ou seja, acabar no prazo certo e caber no seu bolso.


#DicadeOuro Contabilize os imprevistos em cronograma

É claro que imprevistos acontecem, mas se estiverem contabilizados isso não afetará seu orçamento por conta de prazos. Para isso sempre adicione em torno de 5% a 20% no prazo de cada etapa da obra. Quanto maior o risco maior a porcentagem. Por exemplo uma obra do lado externo da casa que esta sujeito a atrasos por conta de chuvas por exemplo.


Sempre procure se guiar pelo cronograma e não “atropele” as etapas da obra, começando serviços que não estavam planejados e deixando os demais por fazer.


Preço de Materiais e Acabamentos - Pesquise!

É fundamental pesquisar os preços para não correr o risco de estourar o limite do orçamento.


Jamais compre todos os materiais na primeira loja que encontrar.

Procure por estabelecimentos especializados no ramo de reforma e construção, que ofereçam materiais de primeira linha e que contem com funcionários bem informados para esclarecer todas as suas dúvidas sobre determinado produto.


Quanto aos preços, vale a pena pesquisar em várias lojas, por mais que esse processo pareça cansativo. Muitas vezes, as diferenças são consideráveis de uma loja para outra. Assim, o custo total do projeto pode sair menor do que o planejado.

Fique de olho também em promoções e negocie sempre que possível.

A maioria dos estabelecimentos oferece bons descontos para quem compra à vista ou leva muita quantidade do mesmo material. Apenas tome cuidado para não exagerar e acabar desperdiçando materiais no decorrer da obra. O cálculo de insumos e produtos do que você vai precisar também deve estar incluído no seu planejamento de reforma.


Escolhendo Fornecedores e Bons Profissionais


Escolher os melhores fornecedores dá trabalho, principalmente se estivermos falando de uma reforma maior, que demandará muito material.

A regra básica para não errar é sempre optar por lojas especializadas no ramo, que tenham um amplo catálogo de produtos e estejam há um bom tempo no mercado. O atendimento deve ser personalizado e focado nas necessidades do cliente, bem como no custo-benefício que ele procura. Inclusive, o custo-benefício é uma palavra-chave na hora de escolher os fornecedores da obra.


Contar com profissionais capacitados e de confiança é um dos maiores desafios no planejamento de reforma. Afinal, não é tarefa simples encontrar um profissional que seja competente, confiável e caprichoso. Isso sem falar que, mesmo depois de encontrá-los, é preciso agendar o serviço com bastante antecedência para que sua obra não fique parada enquanto.


Os melhores profissionais geralmente estão com a agenda cheia.

Nesse caso não precisa ter pressa. Pesquise as referências com calma, faça vários orçamentos, avalie cada proposta e não se deixe levar por impulsos! Inclusive, como é difícil encontrar um bom profissional, é comum que as algumas pessoas queiram fazer a reforma por conta própria. Isso não é aconselhável, a menos que o reparo seja simples e que você tenha boas habilidades com o “faça você mesmo”.


Na grande maioria das vezes o mais indicado é contar com mão de obra especializada, que saberá executar o serviço com domínio e precisão.

Ao contratar um profissional, seja claro ao explicar o que você pretende reformar e como deseja fazer as mudanças, de modo que o profissional consiga captar sua inspiração e transformá-la em uma solução viável.

Acompanhamento da Obra

Desde a fase estrutural até a etapa de acabamento, não dá para descuidar do acompanhamento da obra. Em alguns casos, conforme a dimensão do projeto, é até necessário contratar uma empresa de gestão de obras para comandar todas as etapas do processo.

Ter alguém devidamente capacitado para gerenciar a obra é importantíssimo. Assim, caso no caso de imprevistos ou eventuais falhas, será possível corrigi-las antes do problema se agravar.

Tudo isso sem falar que uma obra que foi acompanhada de perto — seja pelos profissionais responsáveis, seja pelo proprietário do imóvel — tem bem menos chances de sofrer problemas futuros ou precisar de manutenções com pouco tempo de uso. Isso significa alívio no bolso e nenhuma preocupação com prejuízo e retrabalho.

Agora, você está pronto para fazer seu planejamento de reforma e tirar a tão sonhada obra do papel. Vale a pena gastar um tempinho planejando o cronograma de etapas, a compra dos materiais e a contratação da mão de obra. Assim, com certeza seu projeto será executado com excelente padrão de segurança, conforto e qualidade!


#reforma #planejamento #melhorcustobeneficio #obra #planejamentodeobra #orçamento #casanova #interiores #dicasdeobra #casapropria #decoração #decor #casadecor #imovel

PINTURA & SERVIÇOS

LACOR

Categorias Populares

Sobre nós

 

Ação Social

Certificados

Atendimento Personalizado

Sobre a Lacor

Políticas

Horário de Funcionamento

Segunda a Sábado: das 8h às 18h

Redes Sociais

  • Facebook
  • Instagram

Área de Atendimento

São Paulo Capital e Regiões - São Caetano - São Bernardo - Santo André

Copyright © 2020 www.lacor.com.br  - Lacor Pintura e Serviços - Todos os Direitos Devidamente Reservados | CNPJ: 32.571.060/0001-50