Quarto do Bebê

A decoração do quarto do bebê é um momento muito especial para a vida do casal e a família.

Mas antes de definir as cores vamos entender um pouco sobre elas?

A influência da cor no quarto do bebê

A cor do quarto do bebê influencia em muitas coisas: no sono, no apetite e no comportamento do pequeno também. E isso acontece porque os bebês são sensíveis as cores.

Quando o bebe enxerga colorido?

No começo, o bebê enxerga com nitidez o que estiver a 30 centímetros de distância. Com 2 meses, fixa o olhar e foca objetos. Com 3 meses vai conseguir acompanhar o deslocamento de pessoas. A capacidade de enxergar em um sentido tridimensional aumenta e com 1 ano, a criança tem a mesma visão que um adulto.

Para os bebês, especialistas costumam recomendar tons pasteis, que atuam de forma mais branda sobre o sistema neurológico em formação. Isso quer dizer que você não possa usar tons quentes e estimulantes, como o vermelho ou laranja? Não, claro que não. A dica nesse caso é utilizar essas cores em acessórios, complementos, e não em paredes inteiras ou grandes áreas do quarto (como as cortinas). Assim você evita que o cérebro do bebê seja sobrecarregado (o que poderia causar, por exemplo, problemas crônicos de sono).

Em geral, podemos dividir as cores em quentes (como o vermelho, o amarelo, o rosa, o laranja) e frias (como o azul e o verde). E a própria escolha da cor do quarto do bebê – por tons quentes ou frios – também diz muito sobre o estado emocional da mãe. Ao determinar que a decoração será predominantemente quente, é como se ela preparasse o quarto para ser um local alegre; quando prefere os tons frios, está optando por maior tranquilidade ao ambiente.

Por isso a Lacor - Pintura Imobiliária desenvolveu um serviço de pintura especialmente para o seu bebê onde usamos tinta a 100% base de agua sem cheiro e com a superfície lavável. Para os mais exigentes usamos tinta com propriedades antibactericidas.

Peça já seu orçamento sem compromisso! Clique Aqui!

​​